LOGIN // CRIAR CONTA
Bem-vindo à WeDDT - Displays Development and Trading Professional Store - Portugal
0
Notícias \ O PODER DA COMUNICAÇÃO

O PODER DA COMUNICAÇÃO

O PODER DA COMUNICAÇÃO
Comunicar. Palavra com nove letras e quatro sílabas. Mas com uma importância desmesurada. Comunicar é absolutamente essencial no mundo em que vivemos. E comunicar bem jamais poderá ganhar o simbolismo de um oásis num deserto.Não podemos caminhar em direção a uma sociedade digital, onde se trocam vários "por favor" e "obrigado" por centenas de likes, onde os abraços são substituídos por "partilhas de publicações” e onde os comentários passam a vestir o papel principal nas redes sociais. Coisas pequenas, por vezes, fazem toda a diferença. Ter um discurso forte e, ao mesmo tempo, respeitoso, olhar para a pessoa quando se fala (e quando se ouve), atentar nos assuntos importantes e não falar somente do que se quer assentam em pontos essenciais para uma boa (!) comunicação diária.
A nível empresarial, poderá pensar que as diferenças são muitas. Mas olhe que não. E sabe porquê? Porque para passarmos boas mensagens aos nossos clientes, a mensagem terá que ser forte, sim. Mas terá que ser, igualmente, respeitosa. Temos que nos colocar no lugar deles, estarmos sensíveis perante os seus interesses e perceber a responsabilidade que a palavra "comunicar" tem (ou deveria ter) no mundo atual. É que dar o exemplo não é a melhor maneira de influenciar os outros. É a única.

O desenvolvimento da comunicação humana deve ser explicado por uma teoria de transições, segundo Melvin DeFleur e Sandra-Rokeach. Pode-se falar de cinco etapas: o desenvolvimento da sinalização, da fala, da escrita, da impressão e da comunicação com os veículos de massas atuais. Por consequência, a boa publicidade anda, constantemente, de mãos dadas com a boa comunicação. As grandes empresas querem, sobretudo, que a publicidade "toque" as pessoas. Mais do que vender, a boa publicidade aproxima. E o toque não se faz somente por telefone ou via e-mail. Aliás, quem pensar que sim mora nos antípodas de uma boa comunicação. Na televisão, na rádio, em jornais, nos outdoors, em roll-ups, em pop-ups, nas bandeiras... Existem variadíssimas formas de passar uma mensagem. Boa. Todas elas com vantagens e desvantagens. Contudo, já pensou como poderá marcar a diferença ao comunicar da mesma forma que os demais?
Seja criativo e, acima de tudo, seja atual. Hoje em dia, quase de hora em hora surge um assunto novo. E o público fica impressionado com a capacidade de se juntar a criatividade à atualidade. A competitividade é imensa, o consumismo atinge números impressionantes e, ao mesmo tempo, esquisitos. Assim, quem não comunicar bem com os seus clientes arrisca-se, de forma catastrófica, a ser esquecido por eles na altura da compra.
Para terminar, nada melhor do que “reinventar”. Uma palavra que faz cada vez mais sentido no mercado de trabalho. Alguma vez teve a oportunidade de ver o filme "Moneyball"? O protagonista desta obra de arte é Brad Pitt, que dá vida a Billy Beane. "O Homem que mudou o jogo". Reinventou-se, deu asas à sua criatividade e foi destemido na hora de arriscar. Billy chegou à equipa de basebol dos Oakland Athletics num momento péssimo. Com fundos monetários muito curtos e com uma equipa pouco competitiva, Billy Beane resolveu utilizar uma tática diferenciadora, apostando as suas fichas todas na contratação de um especialista em estatística. Especialista esse que usa os seus conhecimentos matemáticos para detetar talentos e que, de forma minuciosa, vai estudando todos os seus adversários. Por sinal, o novo método (muito criticado pela grande maioria) acaba por dar certo e os Oakland conseguiram uma série de 20 (!) vitórias consecutivas no campeonato, um recorde na Liga Americana de Basebol. Impressionante. A principal lição de Moneyball? É bem clara. Com coragem, com sabedoria e com um plano bem estruturado, é possível fazer história e, com isso, vencer a concorrência, mesmo que ela tenha mais fundos monetários.

O dinheiro não é tudo e um profissional precisa de se reinventar e de usar a sua inteligência e criatividade para conseguir novas maneiras de tocar as pessoas. Porque, no fundo, tudo se resume a isso. Tocar as pessoas.

O Poder da Comunicação, por Tiago Nogueira
Black Truss System
AVISO! AO NAVEGAR NO NOSSO SITE ESTARÁ A CONSENTIR A UTILIZAÇÃO DE COOKIES PARA UMA MELHOR EXPERIÊNCIA DE UTILIZAÇÃO. Conheça o nosso Termo de utilização do Site e Política de Cookies.
Ok!